Risotto de Cogumelos Shiitake e Queijo Gouda com Figos Assados - Sexta Feira Vegetariana

22:20

Tal como em todas as sextas feiras a refeição cá em casa é vegetariana, e isso pode significar que faço uma simples salada ou então um prato mais requintado, como é o caso deste.

Se nunca fizeram risotto, digo-vos que não sabem o que estão a perder. Não tenham medo de fazer este prato, não é assim tão complicado como parece. Podem jogar com os vossos sabores preferidos, juntar proteína animal, ou não, juntar legumes, ou não, variar os queijos ou usar simplesmente o Parmesão, enfim, "the sky is the limit".

Neste caso, como adoramos cogumelos shiitake e queijo Gouda, foram então os escolhidos para fazer este risotto. E os figos, bem, eram a entrada mas depois descobrimos que ligavam mesmo bem com o risotto e juntámos os dois elementos. Mas se não gostam de figos ou já não os encontram à venda, podem omitir este elemento do prato.




RISOTTO DE COGUMELOS SHIITAKE E QUEIJO GOUDA COM FIGOS ASSADOS

Ingredientes (para 3 pessoas):

3 mãos cheias de arroz arbório
3 colheres de sopa de azeite
250ml de vinho branco Terras de Alter (ou outro vinho bom)
2 chalotas picadas
250g de cogumelos shiitake
750ml água a ferver + 4 fios de açafrão
150g de queijo Gouda ralado
1 colher de sopa cheia de manteiga
sal, pimenta
salsa picada
Figos assados (receita aqui)


Preparação:

Faz-se uma infusão com a água a ferver e os fios de açafrão. Manter bem quente.

Num tacho aquecer o azeite e saltear a chalota picada até esta começar a amolecer. Juntam-se os cogumelos limpos (com uma escovinha, não os lavem) cortados em tiras e continua-se a saltear por mais 2 minutos.

Junta-se o arroz, mexendo com frequência para que não queime e absorva o azeite e sucos dos cogumelos e das chalotas.

Junat-se o vinho e deixa-se ferver, mexendo, até que o álcool evapore e que o líquido seja absorvido na totalidade.

Nesta altura começa-se a juntar a infusão de açafrão, uma concha de sopa de cada vez e mexendo com frequência para que o arroz solte a goma. Só se volta a juntar mais infusão quando o líquido adicionado anteriormente esteja completamente absorvido pelo arroz.

Repete-se a operação até que o arroz esteja al dente, não esquecendo de mexer com frequência. Não abandonem o tacho, pois o risotto não gosta de estar sozinho.

Quando o arroz estiver al dente junta-se a manteiga e o queijo, mexendo para envolver bem. Tempera-se com sal e pimenta.

O risotto deve-se servir bem cremoso com "molhinho", por isso se estiver muito seco, antes de adicionar a manteiga e o queijo, juntem um pouco de água.

Polvilhar com salsa e servir de imediato com os figos (ou sem, conforme o vosso gosto).

NOTA: quem já segue este blog há mais tempo, já deve ter reparado que eu meço o arroz com a minha mão. Foi assim que me habituei quando, aos 19 anos, comecei a cozinhar. Mas meçam como acharem melhor, o importante é que seja o suficiente para cada pessoa comer.
Eu não uso caldos de compra nos meus cozinhados, só uso caldos caseiros, feitos por mim. Não gosto de caldos de compra e acho mesmo que são prejudiciais para a saúde. Neste caso usei uma infusão de açafrão, mas podem usar um caldo de carne ou de vegetais se preferirem.



You Might Also Like

0 comentários

Obrigado pela visita! Partilhem a vossa opinião comigo e deixem um comentário :) Não se esqueçam de voltar!

Thanks for visiting! Share your opinion with me and leave a message :) Don't forget to come back!

Popular Posts

Arquivo