Como usar a farinha de lentilhas - Muito Mais do Que Trigo

19:09

Depois de uma pausa para poder testar mais farinhas (algumas não são fáceis, nem baratas de conseguir) volto com uma nova farinha. As receitas que aqui apresento demoram a testar e só o que passa no controlo de qualidade é que é apresentado no blog. Algumas farinhas que apresento aqui, conheço-as há pouco tempo, por isso tenho pouca experiência no seu uso e isso requer mais testes e estudo antes de as apresentar.

Quem segue a página d'As coisas da Mãe Sofia no Facebook, teve esta semana a oportunidade de escolher entre a farinha de amêndoa e a farinha de lentilhas. Foi uma votação renhida, mas acabou por ganhar a farinha de lentilhas por um voto. Mas quem votou farinha de amêndoa, não desesperem, porque para a semana ela aqui estará em destaque.

Sabiam que 100g de lentilhas fornecem 45% da dose diária recomendada de ferro? Então leiam até ao fim para saber mais sobre estas mal amadas leguminosas.




O que é a farinha de lentilhas?

Esta farinha não é nada mais do que lentilhas secas moídas. Podem-na até fazer em casa. Para isso basta colocarem as lentilhas num processador e moer até se obter uma farinha. Peneiram para separar a farinha dos pedaços maiores que voltam a ser moídos até se transformarem em farinha.
Para um sabor mais rico podem torrar as lentilhas no forno por uns minutos.
Caso sejam preguiçosos como eu fui, comprem a farinha de lentilhas no BioMercado ou online. Até agora não encontrei esta farinha em mais lado nenhum.
Se fizerem esta farinha em casa, podem usar qualquer tipo de lentilhas. A farinha usada nas receitas abaixo é de lentilhas verdes, mas para uma cor mais bonita, podem usar farinha de lentilha laranja.

A que sabe a farinha de lentilhas?

Aí a resposta é simples.... a lentilhas. "Ai eu não gosto de lentilhas." Pois isso seria um problema se fossem só comer a farinha, mas não. Enriqueçam o sabor das lentilhas com baunilha, com legumes, ervas aromáticas, citrinos, consoante estejam a fazer uma receita doce ou salgada.

Quais as vantagens de consumir farinha de lentilhas?

As lentilhas são leguminosa muito ricas em fibras, hidratos de carbono complexos, baixas em gorduras e calorias. O seu elevado valor proteico torna-as ideiais para quem precisa de aumentar o consumo de proteínas. São isentas de glúten, sendo uma farinha perfeita para quem é celíaco. Também é perfeito para os diabéticos já que tem um índice glicémico excepcionalmente baixo.

Quando acompanhadas de cereais integrais, as lentilhas fornecem tanta proteína quanto a carne. Meio copo de lentilhas fornecem  26g de proteína, fazendo das lentilhas um alimento altamente saciante.

Ao consumirem 100g de lentilhas verdes (ou a sua farinha) estão a ingerir cerca de 80% da quantidade de fibra recomendada por dia. E todos sabemos o bem que a ingestão de fibras faz à nossa saúde, ajudando até a baixar os níveis de colesterol, protege contra o cancro do cólon e ajuda a evitar o diabetes tipo 2.

Numa altura que tanto se fala em baixar o consumo de sal por causa dos níveis de sódio, esquecemo-nos que o sal não tem só sódio. O sal é cloreto de potássio, e ao comsumir menos dele, não só consumimos menos sódio, como também consumimos menos potássio, e isso pode ser um problema. Não, não estou a dizer que devem comer mais sal! Mas podem consumir alimentos ricos em potássio, como a banana (que nos vem logo à cabeça), mas banana a mais também não é bom. A solução para isso é (sim, adivinharam!) as lentilhas. Muito ricas em potássio, são indicadas para quem sofre de pressão arterial alta.

De todos os vegetais, as lentilhas é um dos que contém um maior nível de folato (também chamado de vitamina B12), essencial para a formação de glóbulos vermelhos e para um sistema nervoso mais saudável. Se querem combater o aparecimento de demência, devem incluir as lentilhas na vossa alimentação, já que o folato ajuda a diminuir a probabilidade do aparecimento desta doença. As mulheres grávidas também devem ingerir lentilhas ou a sua farinha, pois estão a produzir mais sangue.

Como também são ricas em ferro, são obrigatórias para quem segue uma dieta exclusivamente vegetariana, já que lhes é difícil consumir os níveis ideias de ferro que nós habitualmente vamos buscar à carne.

Por fim as lentilhas são particularmente ricas em manganês. Mesmo que nunca tenham ouvido falar nele, saibam que é muito importante para os ossos, fígado, rins e pâncreas. É importantíssimo na regulação dos níveis de açúcar no sangue e protege-nos dos radicais livres. Consumindo 100g de lentilhas vermelhas, estão a ingerir 100% da quantidade de manganês necessário por dia.

E agora? Vão continuar a excluir as lentilhas da vossa alimentação?

Como usar a farinha de lentilhas?


Tendo em consideração que esta é uma farinha sem glúten, devem esperar pães e bolos mais pesados. Por isso deve-se misturar com farinha de arroz e amidos para tornar os bolos mais leves. Já nas bolachas isso não é necessário, pois a farinha de lentilhas faz umas bolachas deliciosas e crocantes, como poderão ver mais à frente. Com esta farinha não acho necessário o uso de goma de xantana, as bolachas não se esfarelam e os bolos parecem ter uma boa estrutura.
Não aconselho a substituição integral de farinha de trigo pela farinha de lentilhas. São farinhas totalmente diferentes e o desastre será inevitável. Deverão começar por substituir pequenas porções de farinha de trigo pela farinha de lentilhas e avaliar os resultados a partir daí.
Na minha experiência com esta farinha, faz excelentes bolachas e é boa para adicionar a sopas, conferindo um sabor a frutos secos. Também é excelente para adicionar a almôndegas e hambúrgueres vegetarianos (preciso de testar a receita mais uma vez, fazer uns acertos e depois partilho).
Eu e os crepes temos uma relação de amor/ódio e esta farinha faz uns crepes deliciosos (amor), mas saem-me todos marrecos (ódio) por isso não apresento aqui a receita, mas assim que acertar com a receita também será publicada. 
Experimentem, usem um pouco desta farinha, misturem com outras para aligeirar o sabor das lentilhas (caso não gostem do sabor), e enriqueçam a vossa alimentação de uma forma saudável.





BOLACHAS DE MANTEIGA DE AMÊNDOA

Estas bolachas são tão simples de fazer e nem se vão lembrar que são saudáveis e cheias de nutrientes maravilhosos para o vosso organismo.
Feitas exclusivamente com farinha de lentilhas, com pedacinhos de amêndoa, são feitas num instante e fazem poucas bolachas de cada vez. Assim não precisam de ficar com um pote com imensas bolachas a olhar para vocês cada vez que entram na cozinha. Caso queiram fazer mais, basta dobrar a receita.
Podem substituir as amêndoas por chocolate, amendoim, passas, e a manteiga de amêndoa também pode ser substituída por manteiga de amendoim.
A manteiga de amêndoa caseira é muito simples de fazer. Basta colocar as amêndoas ligeiramente torradas num processador e triturar até que se forme uma pasta, o que demorará uns 12 a 15 minutos. À manteiga de amêndoa podem adicionar uma pitada de sal e/ou canela.





Ingredientes (14 bolachas):

55g de óleo de coco sólido (macio)
100g de farinha de lentilhas verdes
60g de açúcar de coco
1 colher de chá de essência de baunilha
1 colher de sobremesa bem cheia de manteiga de amêndoa
1/2 colher de café de bicarbonato de sódio
1/2 colher de café de fermento para bolos
1 ovo médio
40g de amêndoas com pele


Preparação:

Aquece-se o forno a 180ºC e forra-se um tabuleiro grande com papel vegetal.

Com a ajuda de uma batedeira bate-se o açúcar com o óleo de coco que deve estar sólido mas macio como uma pomada.

Adiciona-se o ovo, a baunilha e a manteiga de amêndoa e bate-se novamente.

Peneira-se a farinha com o bicarbonato de sódio e o fermento para bolos e adicionam-se à mistura anterior.

Junta-se a amêndoa picada grosseiramente com uma faca e envolve-se tudo com uma colher de pau até se obter uma bola.

Divide-se em 14 bolas que se colocam no tabuleiro forrado. Achatam-se ligeiramente com os dedos e leva-se ao forno durante 10 minutos, ou até começarem a ficar douradas à volta.

Deixam-se arrefecer numa rede e guardam-se num recipiente hermético.





QUEIJADAS DE LEGUMES

Estas queijadas de legumes são perfeitas para aproveitar restos de legumes que nos assombram o frigorífico. Para além de serem saudáveis, são o acompanhamento ideal para uma sopa, e viajam bem na marmita do almoço.
Aconselho a usarem forminhas de papel brilhante ou de alumínio para estas queijadas, já que elas se colam imenso à paredes das formas. Podem encontrar as forminhas em qualquer loja de utensílios para bolos e também em alguns hipermercados.






Ingredientes (10 queijadas):

2 colheres de sopa de azeite
1 cenoura ralada grosseiramente
2 cogumelos picados grosseiramente
1 dente de alho esmagado
1/2 courgette cortada em cubinhos
1 molho pequeno de coentros (caules + folhas)
4 metades de tomate seco em azeite
1 chávena de farinha de lentilhas verdes
1 ovo
1/2 chávena de leite de coco
3/4 de chávena de água
1,5 colheres de sopa de vinagre de sidra
1 colher de chá de mostarda
1/2 colher de chá de curcuma
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta preta
1 colher de sopa de sementes de linhaça
2 colheres de sopa de flocos de feijão azuki
sementes de sésamo

(1 chávena = 250ml)

Preparação:

Aquece-se o forno a 180ºC e forram-se 10 formas de queques com formas de papel brilhante ou de alumínio.

Aquece-se o azeite numa frigideira e salteiam-se os legumes com o alho e os caules picados dos coentros. Adiciona-se o tomate seco picado e retira-se do lume.

Numa tigela mistura-se a farinha de lentilhas, com o ovo, o leite de coco, a água, o vinagre, a mostarda, a curcuma, sao e pimenta, as sementes de linhaça, os flocos de feijão azuki e as folhas de coentros picadas.

À mistura de farinha adicionam-se os legumes salteados e envolve-se tudo.

Distribui-se a massa pelas formas, polvilham-se com sementes de sésamo e levam-se ao forno durante 15 minutos, ou até se espetar um palito no centro e este sair seco.

Podem ser comidas quentes ou frias.




You Might Also Like

2 comentários

  1. Receitas bem saudáveis e obrigada pela informação!!!
    bj

    ResponderEliminar
  2. eu fui das que votou na farinha de lentilhas! quando as encontrar à venda vou testar tanto a receita salgada como a doce. obrigada por nos trazeres tantas receitas inovadoras e deliciosas. eu sei que é caro e difícil ser original, mas deve ser por isso que o teu é dos poucos blogues que ainda sigo e me dá tantas ideias e receitas ao fim deste tempo todo! beijinho

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita! Partilhem a vossa opinião comigo e deixem um comentário :) Não se esqueçam de voltar!

Thanks for visiting! Share your opinion with me and leave a message :) Don't forget to come back!

Popular Posts

Arquivo