sábado, 28 de maio de 2016

Quadrados de avelã com cobertura de chocolate


Eu adoro avelãs. Melhor que comer uma avelã, só se for comê-la num bolo com chocolate. Sim! E na Nutella! Adoro Nutella, mas tento manter-me afastada dela, e devo dizer que tenho sido de o fazer e que raramente como, porque tenho perfeita noção que não me faz bem.
Não comendo Nutella, comem-se estes quadrados de avelã com cobertura de chocolate! Não é o mesmo que a Nutella, mas está lá perto e são deliciosos!
Para comer e disfrutar com família e amigos.






180g de manteiga
1 copo de açúcar 
4 ovos
200g de avelãs moídas
35g de farinha sem fermento
200g de chocolate preto
2 colheres de chá de óleo

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar levemente e forrar com papel vegetal (importante forrar senão o bolo cola) uma forma 20x30 (pode ser ligeiramente maior, ou quadrada, mas é à volta desta medida que é o tamanho ideal para a quantidade de massa).

Bater a manteiga com o açúcar até se obter uma mistura homogénea e fofa. Juntar um ovo de cada vez e adicionar a avelã moída misturada com a farinha. Envolver bem, sem bater demais.
Transferir a massa para a forma e levar ao forno durante 30 a 40 minutos (depende do forno e do tamanho da forma). Verifiquem com um palito antes de retirar do forno. Se sair seco, sem nada agarrado, é porque o bolo está pronto. Tirar forno, mas não desenformar.
Quando o bolo sair do forno, leva-se o chocolate a derreter em banho maria com o óleo, até ficar brilhante. Verte-se o chocolate derretido por cima do bolo ainda na forma e espalha-se numa camada homogénea. Deixa-se arrefecer completamente.
Quando o bolo estiver frio e a cobertura tiver solidificado, corta-se o bolo em quadrados de igual tamanho e serve-se numa travessa bonita. Quando estiverem a cortar os quadrados, deve-se limpar a faca com um pano molhado a cada cortepara que os quadrados não fiquem com migalhas dos cortes anteriores.

Fonte: Women's Weekly - Little squares & Slices




sexta-feira, 27 de maio de 2016

Sexta-Feira Vegetariana - Noodles com legumes salteados e tofu

Mais uma sexta-feira, mais uma receita vegetariana. As receitas por aqui têm andado numa onda oriental, que nós adoramos. Aproveitei umas couves bok choi que vi no Lidl e fiz estes noodles com tofu que ficaram tão saborosos! Simples, rápido, delicioso e saudável. Não há como resistir!
Podem escolher os legumes da vossa preferência, se não encontrarem ou não gostarem dos que utilizei. Se não gostarem de tofu e preferirem frango, outra carne ou camarões, é só ajustar o tempo de cozedura. É só dar asas à vossa imaginação!











1 embalagem de noodles Vitasia Lidl
250g de tofu cortado em cubos
200g de cogumelos laminados
2 couves bok choi cortadas em juliana grossa
1/4 de pimento vermelho cortado em cubos
1 mão cheia de rebentos de sésamo
1 dente de alho picado finamente
2 cm de gengibre fresco ralado
1 e 1/2 colher de sopa de molho de ostras Vitasia Lidl
2 colheres de sopa de molho de soja Vitasia Lidl
1 colher de sopa de óleo de sésamo Vitasia Lidl
Sal e pimenta
sementes de sésamo

Começa-se por preparar todos os ingredientes. É muito importante este passo porque assim que se começar a cozinhar, não há tempo para lavar e cortar legumes.
Coze-se a massa de acordo com as instruções da embalagem e reserva-se.
Aquece-se um wok (caso não tenham um wok, usem uma frigideira larga) e deita-se o óleo de sésamo, o alho e o gengibre e deixa-se fritar em lume médio durante 1 minuto (mexer sempre para não queimar). Junta-se os talos da couve bok choi, o tofu e os cogumelos. Tempera-se com o molho de soja e o molho de ostras, o sal e pimenta e salteiam-se durante 3 minutos. Junta-se as folhas da couve, o pimento e os rebentos de soja, cozinha-se por mais 1 minuto. Adiciona-se a massa e mistura-se bem com os legumes. Servir polvilhado com rebentos de sésamo.




quinta-feira, 26 de maio de 2016

Coxas de frango grelhadas à coreana com arroz de coco

De vez em quando tenho a sorte de ser presenteada pelo Lidl, que me envia sempre produtos de excelente qualidade. Desta vez fui desafiada a fazer a #receitaperfeita com os novos produtos Vitasia do Lidl, que nos levam numa viagem gastronómica até à Ásia. Estes novos produtos estarão nas lojas a partir de dia 26 de Maio e o stock é limitado. 



Porque os meus filhos ficaram entusiasmadíssimos com este desafio que o Lidl me fez, tive de preparar hoje mesmo uma refeição que inclui-se alguns ingredientes que me enviaram. Claro que os "fortune cookies" fizeram um sucesso e, para os meus filhos, foi a melhor parte do jantar. Afinal de contas, só se costuma ver no filmes estes bolinhos com uma mensagem no seu interior.



Mas adiante! Eu já tinha feito esta receita há algum tempo atrás, e pareceu-me uma boa forma de começar esta aventura culinária. Não se assustem com a cor do frango. Vai ficar muito escuro, quase que parece queimado, mas na verdade é a cor do molho de soja e a caramelização do açúcar da marinada. Espero que gostem e que voltem para ver as próximas receitas com sabor a Ásia.









8 coxas de galinha
1/2 copo de molho de soja
1 colher de sopa de sopa de açúcar amarelo
1 colher de sopa de mel
2 colheres de sopa de vinagre de arroz
1 colher de sopa de gengibre fresco ralado
3 dentes de alho ralados
2 colheres de sopa de óleo de sésamo
1 colher de sopa de sementes de sésamo
sal e pimenta preta qb

para o arroz de coco:
1 e 1/2 copos de arroz Thai Jasmim Lidl
1 lata de leite de coco (400ml)
1 copo de água
sal






Misturar as coxas de galinha com todos os ingredientes da marinada. Deixar tomar gosto durante 24 horas ou pelo menos 2h.
Aquecer o grelhador ou as brasas. Grelhar as coxas e pincelar de vez em quando com a marinada para a carne não secar e ganhar uma caramelização bonita.
Entretanto colocam-se todos os ingredientes para o arroz num tacho destapado e leva-se a lume brando, tendo o cuidado de mexer com frequência para que não cole ao fundo da panela. (sim aqui o arroz deita-se na panela com a água ainda fria, mas acreditem que resulta). Deixar cozer 12 minutos ou até ficar cozido (adicionar um pouco mais de água se o arroz começar a ficar demasiado seco antes de estar cozido). Tapar com uma tampa e deixar repousar durante uns minutos. Soltar os grãos de arroz com um garfo e transferir para uma travessa.
Quando a carne estiver grelhada, servir com o arroz e polvilhar com sementes de sésamo torradas.



domingo, 15 de maio de 2016

Cheesecake de mousse de morango

Esta semana o blog anda muito guloso e hoje há sobremesa! Não há muito a dizer sobre esta mouse, apenas que é absolutamente deliciosa e que soube a pouco.










(rende 6 a 8 tigelas)
para a mousse
200g de morangos
1 colher de chá de gelatina em pó
1 colher e meia de sopa de água fria
200ml de natas para bater
200g de queijo creme (tipo Philadelphia)
125g de açúcar em pó + 1 colher de sopa cheia de icing sugar
1 colher de chá de essência de baunilha

para a base
10 bolachas Maria
1 colher de sopa de açúcar
2 colheres de sopa (mal medidas) de óleo de coco derretido (ou outra gordura à vossa escolha)


Começa-se por triturar as bolachas com o açúcar numa picadora. Adiciona-se o óleo de coco e tritura-se mais um pouco até a mistura estar homogénea. Divide-se a mistura pelas tigelas e reserva-se no frigorífico.

Trituram-se os morangos com a varinha mágica e passam-se por um passador.
Numa tigela pequena deita-se a gelatina sobre a água, deixa-se repousar durante 4 minutos e aquece-se a gelatina no microondas durante 15 segundos. Entretando bate-se as natas em chantilly com 1 colher de sopa de açúcar em pó.
Noutra tigela bate-se o queijo creme com os 125g de açúcar em pó e a baunilha. Juntam-se os morangos triturados e passados, a gelatina e mistura-se. Adiciona-se o chantilly e envolve-se com cuidado até ficar homogéneo. Distribui-se pela taças e leva-se ao frigorífico durante 2 horas.





sábado, 14 de maio de 2016

Bolo de chocolate, banana e manteiga de amendoim

Lembram-se das trufas de bolo de chocolate? Apresento-vos o bolo que lhes deu origem!
Todos nós temos umas bananas que teimam em amadurecer mais rápido do que as conseguimos comer e depois daquelas manchas escuras na casca, já ninguém as quer (excepto para batidos!). 
Esta receita leva também manteiga de amendoim que combina tão bem com a banana, mas para quem não encontra à venda ou para quem esta deliciosa iguaria é demasiado cara, podem comprar os amendoins ainda com casca e triturar tudo na picadora (ou na Bimby, para quem tem) até se formar uma pasta.










1 copo de farinha sem fermento
1/2 copo de chocolate em pó
1/3 copo de manteiga de amendoim suave
3/4 copo de açúcar amarelo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
3/4 colher de chá de fermento para bolos
1 pitada de sal fino
2 bananas muito maduras esmagadas
1/2 copo de óleo de coco (ou outra gordura ao vosso gosto)
2 ovos
1 colher de chá de extracto de baunilha
1 banana cortada às rodelas para decorar







Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar e polvilhar com pão ralado (ou farinha) uma forma de bolo inglês.

Misturar a banana esmagada com a manteiga de amendoim, o açúcar, o óleo de coco, a baunilha e os ovos. Noutra tigela mistura-se bem com uma vara de arames (ou peneira-se) a farinha, o cacau, o fermento, o bicarbonato de sódio e o sal. Juntam-se os ingredientes secos à mistura de banana e amendoim e mistura-se até a farinha ficar bem incorporada (não bater demais).
Transfere-se a massa para a forma, decora-se com as rodelas de banana e leva-se ao forno durante 55 a 60 minutos.
Quando estiver cozido retira-se o bolo do forno e deixa-se arrefecer numa rede. Derrete-se a manteiga de amendoim no microondas, para ficar mais fluída, e decora-se o topo de bolo.


Fonte: Receita adaptada do blog Broma Bakery



sexta-feira, 13 de maio de 2016

Sexta-Feira Vegetariana - Hamburgueres de courgette e tofu

Às vezes dá-me uma branca e fico sem saber o que fazer para a próxima refeição, por isso costumo planear o que vou fazer. Mas desta vez, deu-me a branca e não tinha nada planeado! Caramba, estive mesmo até ao último minuto sem saber o que ia fazer. Depois de muito enfiar o nariz no frigorífico, saíram de lá 2 courgettes e um bloco de tofu primavera (tofu com abóbora). A partir destes dois ingredientes, o motor aqueceu (desculpem lá a expressão mas com um rapaz que adora carros acabo por ficar contagiada!) e resultaram estes hamburgueres deliciosos e tão nutritivos.









(rende 6 hamburgueres)

1 cebola pequena
1 dente de alho
2 courgettes
250g de tofu primavera (vende-se nas lojas Celeiro)
1 ovo
6 colheres de sopa de aveia
1 colher de sopa de tahini
sal e pimenta
azeite
pão ralado e sementes de sésamo





Começa-se por ralar grosseiramente as courgettes com casca e o tofu.
Aquece-se uma frigideira larga com o azeite. Salteia-se a cebola picada finamente, bem como o alho picado, até amaciarem. Junta-se a courgette e o tofu, tempera-se com sal e pimenta, deixa-se cozinhar até diminuir de volume e já não haver água da courgette na frigideira.
Transfere-se a mistura de courgette e tofu para uma tigela larga e deixa-se arrefecer durante 10 minutos. Adiciona-se o tahini, o ovo batido, a aveia, ajusta-se o tempero e mistura-se tudo. Deixa-se repousar durante 20 minutos para a aveia absorver a humidade da mistura e ficar macia.
Prepara-se um prato com o pão ralado e as sementes de sésamo e tempera-se com um pouco de sal e pimenta. Moldam-se os hamburgueres e passam-se por pão ralado.
Podem ser fritos com um fio de azeite na frigideira ou então, podem ser assados no forno regados com um fiozinho de azeite.
Acompanhar com um pouco de molho de tomate e servir com arroz e salada verde.


terça-feira, 10 de maio de 2016

Trufas de bolo de chocolate

No fim de semana passado fiz tanta coisa para comer que um delicioso bolo de chocolate acabou por ficar esquecido. Eu culpo a chuva, o céu cinzento e a virose que o meu filho mais velho teve! Foi um fim de semana caseiro, com muita chuva e febre à mistura. Mas pronto, já passou, a chuva parece ter abrandado e o rapaz já está a 100% outra vez!
Mas adiante! O bolo, dizia eu, estava tão bom mas os gulosos tinham tanto por onde escolher (e quem me segue no Facebook, não viu nem metado do que eu fiz!), que lá ficou triste num canto da bancada da cozinha. Hoje eu olhei para ele, e ele olhou para mim e de seguida os meus olhos desviaram-se para um frasco de Nutella e uma lata de leite condensado. Oh céus!! E se juntasse as três coisas?! Às vezes sou atingida por ideias destas e deixem que vos diga que o bolo que já era tão bom, ficou ainda melhor!!










1/3 de bolo de chocolate
3 colheres de sopa de leite condensado
1 colher de sopa de Nutella
1 colher de sopa de coco ralado
200g chocolate derretido para cobrir as trufas
morangos desidratados Frubis (moídos ou esmagados) para decorar





Começa-se por picar o bolo numa picadorae coloca-se numa tigela. Junta-se a Nutella, o coco e o leite condensado 1 colher de cada vez, mexendo sempre entra cada adição. A quantidade de leite condensado pode variar de acordo com a textura do vosso bolo. A ideia é ficar uma massa grossa e fácil de trabalhar com as mãos.
Fazem-se bolinhas e levam-se ao congelador durante 20 minutos. Entretanto derrete-se o chocolate e esmagam-se os morangos desidratados até obter um pó.
Quando se retirar as bolas do congelador, coloca-se cada uma em cima de um garfo e com uma colher, deita-se o chocolate derretido por cima até ficar coberto. Com a ajuda de um palito, empurra-se a trufa para um prato forrado com papel vegetal e polvilha-se de imediato com o pó de morango. Repete-se a operação até se cobrirem todas as bolas.
Levam-se as trufas ao frigorífico até o chocolate solidificar e servem-se fresquinhas.


domingo, 8 de maio de 2016

Bolo de banana e alfarroba (sem açúcar, sem lacticínios, sem farinha de trigo, sem ovos)

Com familiares que têm restrições dietéticas devido a problemas de saúde, adaptei uma receita que já faço há muito e saiu este bolinho de forma a satisfazer a gulodice de todos, enquanto celebrávamos mais um aniversário do meu querido e guloso pai. Tanto as crianças como os adultos adoraram e ninguém deu pela falta dos ovos, lacticínios, da farinha de trigo e do açúcar.
Se nunca experimentaram farinha de espelta, então não sabem o que estão a perder. Substitui muito bem a farinha de trigo e do ponto de vista nutricional é mais saudável. Para substituir o açúcar utilizei stevia da Canderel o que diminui significativamente as calorias adicionadas ao bolo.
Sugiro que acompanhem com morangos frescos que combinam divinalmente com os sabores deste bolo leve e fofinho.











2 bananas bem maduras
250ml de leite de coco e amêndoa Alpro (ou outro à vossa escolha)
6 colheres de sopa de óleo de coco (no estado líquido, para isso basta aquecer um pouco no microondas)
2 colheres de sopa de linhaça moída
2 colheres de sopa de água
76g de stevia Canderel (ou 190g de açúcar amarelo)
2 chávenas de farinha de espelta
2 colheres de sopa de farinha de alfarroba
1 colher de sopa de fermento em pó para bolos
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
100g de chocolate Pantagruel Stevia cortado em pedaços pequenos

para a ganache e cobertura
100g de chocolate Pantagruel stevia
60ml de natas de coco Alpro
2 colheres de sopa de xarope de agave
amêndoas palitadas e torradas







Pré-aquecer o forno a 180ºC e untar e polvilhar uma forma de bolo inglês.

Numa tigela grande esmagar as bananas e misturar, com a ajuda de uma vara de arames, com o leite de coco e amêndoa e o óleo de coco derretido.
Numa tigele pequenina misturar a linhaça moída com a água e deixar repousar até engrossar. Junta-se esta mistura à mistura de banana e adiciona-se a farinha, a farinha de alfarroba, o fermento e o bicarbonato de sódio. Mistura-se bem até ficar homogéneo e junta-se o chocolate partido em pedaços pequenos.
Deita-se a massa para a forma e leva-se ao forno durante 45 a 50 minutos, ou até o palito sair seco.

Para a ganache, leva-se ao lume num tacho, as natas de coco e o xarope de agave. Quando começar a ferver retira-se do lume, deita-se sobre o chocolate partido em pedaços e mexe-se até o chocolate estar derretido e a ganache estar homogénea e brilhante.
Cobre-se o bolo com a ganache e polvilha-se com a amêndoa palitada e torrada.
Apreciem sem culpas! ;-)


Copyright © 2014 As coisas da Mãe Sofia