sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Massa de cotovelos gratinada com legumes e nozes

Eu costumo dizer a brincar que sou carnívora, porque eu adoro carne e peixe. Mas há uns tempos tomei a decisão de fazer um dia vegetariano por semana. Porquê? Porque me sabe bem, porque gosto, porque é saudável comer vegetais e porque não sinto falta de comer carne e peixe todos os dias.
Este prato, apesar não ter vestígios de carne, ficou delicioso, e os pedaços de abóbora assados no forno dão um sabor doce fantástico.




MASSA DE COTOVELOS GRATINADA COM LEGUMES E NOZES

Ingredientes:
4 copos de 250ml de massa de cotovelos
300g de folhas de espinafres
300g de abóbora
1/2 copo de nozes picadas grosseiramente
2 fatias de pão sem côdea
sal, pimenta
uma pitada de piri-piri (opcional)
tomilho fresco
1 dente de alho
500ml de molho bechamel
azeite
1 copo de queijo mozzarella (opcional)

Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Cortar a abóbora em cubinhos, temperar com sal, pimenta, piri-piri, tomilho e regar com um fiozinho de azeite. Envolver bem a abóbora no tempero e levar ao forno até estar macia.
Aquecer um fio de azeite com o dente de alho numa frigideira e saltear os espinafres até murcharem. Descartar o dente de alho e temperar com sal (pouco) e pimenta.
Cozer a massa em bastante água com sal. Quando estiver cozida, escorrer e reservar.
Quer façam o bechamel ou o comprem já feito, misturar o queijo mozzarela no molho e mexer ao lume, até que o queijo derreta.
Numa tigela grande e funda misturar a massa, a abóbora, os espinafres e o molho bechamel. Verter para um tabuleiro de ir ao forno e alisar a superfície.
Numa picadora picar o pão com folhas frescas de tomilho, pimenta e um fio de azeite. Polvilhar esta mistura sobre a massa e cobrir com a noz picada. Levar ao forno com a função de grill ligada, até a cobertura estar crocante e dourada.
Servir com uma salada verde.




quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Folhados de salsicha fresca

Quando faço sopa para o jantar, costumo fazer algo para acompanhar a sopa senão os meus adolescentes (ai meu Deus que já são adolescentes!) ficam com fome. Como eles costumam dizer "Preciso de trincar alguma coisa!". Por isso, para eles tricarem depois de comerem a sopa, fiz estes folhadinhos de salsicha fresca, que ficaram espectaculares. Se os folhados de salsicha de lata já são saborosos, estes são 10 vezes mais saborosos.
Podem fazer estes folhados com carne picada temperada ao vosso gosto, ou podem comprar salsichas frescas. Depois de provarem estes folhados, vai ser difícil voltarem para os folhados com salsicha de lata.




FOLHADOS DE SALSICHA FRESCA
Adaptado do livro "Dia a Dia - Receitas para toda a semana" de Mafalda Pinto Leite

Ingredientes (16 unidades)
1 embalagem de massa folhada rectangular
4 salsichas frescas
queijo mozzarella
1 ovo
sementes de sésamo

Pré-aquecer o forno a 200ºC e forrar um tabuleiro com papel vegetal.

Estender a massa folhada e cortar longitudinalmente. Espremer o recheio, em linha recta e ao centro, de duas salsichas para um dos rectângulos. Cobrir com um pouco de queijo mozzarella ralado. Pincelar as bordas da massa com ovo batido, enrolar de forma a obter um rolo comprido. Cortar o rolo em 8 partes idênticas. Transferir para o tabuleiro, pincelar com ovo batido e polvilhar com sementes de sésamo. Repetir o processo para o segundo rectângulo de massa folhada e as restantes salsichas.
Levar ao forno durante 15 minutos, ou até estarem douradinhos e a massa folhada estar bem cozida. Deixar repousar uns minutos (se conseguirem resistir) e servir.


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Biscoitos gregos

Eu raramente compro bolachas. O facto de terem tanto açúcar e ingredientes que, por vezes, me custam a pronunciar, fazem-me fugir delas a sete pés. Mas isso não quer dizer que eu não coma bolachas. Pelo contrário. Tenho uma colecção extenda de receitas de bolachas que faço e quando vi o livro "Biscoitos, Bolachas & Bolinhos" do Chef Gilberto Costa, fiquei  rendida. Estou decidida a experimentar todas as receitas presentes no livro, pois todas têm um aspecto e ingredientes fantásticos.




BISCOITO GREGO (KOULOURAKIA)
Receita do livro "Biscoitos, Bolachas & Bolinhos" do Chef Gilberto Costa

Ingredientes:
100g de manteiga
160g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
raspa de 1 limão
2 ovos
60ml de leite
500g de farinha
8g de fermento em pó
gema para pincelar

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar dois tabuleiros com papel vegetal.
Bate-se a manteiga com o açúcar, a baunilha e a raspa de limão. Adiciona-se o ovo e o leite e mistura-se novamente. Junta-se a farinha com o fermento e misturar até se obter uma massa homogénea.
Fazer rolinhos de 20cm e depois fazer torcidos como se vê nas fotos acima. Dispor os torcidos nos tabuleiros e pincelar com a gema de ovo. Cozer até ficarem douradinhos.


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Macaroons de coco

Não podia deixar de partilhar convosco estes macaroons de coco que fiz este fim de semana. São feitos com coco fresco e a humidade que este lhes confere torna-os absolutamente divinais.
Para partir o coco segui as indicações deste video "How to open a coconut and remove the meat", e funcionou na perfeição.
Para esta receita comprei 2 cocos secos. Deve-se abanar o coco e se se ouvir água no seu interior, este é bom, se não se ouvir líquido não devem comprar. No vídeo usa-se as costas de um cutelo para abrir o coco, mas senão tiverem, usem um martelo.
Este macaroons também podem ser feitos com coco ralado de compra, mas não ficarão tão saborosos e húmidos.




MACAROONS DE COCO
Receita do livro "Prazeres divinos" Nigella Lawson

Ingredientes (16 unidades)
4 claras de ovo
2/4 de colher de chá de cremor tártaro
200g de açúcar fino
60g de amêndoa ralada (farinha)
1 pitada de sal
1 colher de chá de essência de baunilha
500g de coco fresco ralado

Pré aquecer o forno a 170ºC. Forrar dois tabuleiros com papel vegetal.

Bater as claras até ganharem espuma e nesta altura junta-se o cremor tártaro. Quando começar a formar picos, junta-se 1 colher sopa de açúcar de cada vez, até este estar totalmente incorporado e as claras estarem firmes e brilhantes. Envolve-se a amêndoa, o sal, a baunilha e o coco.
Fazem-se montinhos do tamanho de pequenas clementinas, bem arredondados para ficarem mais bonitos. Vão ao forno durante 20 a 25 minutos, ou até ficarem dourados.



sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Biscoitos de doce de leite

Quando levo os meus filhos à natação ou tenho de esperar por eles quando têm alguma actividade escolar, levo sempre comigo uma revista ou um livro de culinária. Porquê? Porque não me consigo concentrar noutro tipo de livro, pois estou sempre a espreitar para os miúdos e a apreciar o que estão a fazer. Assim vou folheando o livro ou a revista e vou-me inspirando para as refeições que tenho de fazer.
Foi assim que me cruzei com estes biscoitos no livro "Comida Caseira" do Gordon Ramsay. Apesar de já ter pensado muitas vezes em fazê-los, ficavam sempre para a próxima e nunca se concretizavam. Mas um dia destes acabei por os fazer e digo-vos que são fantásticos.




BISCOITOS DE DOCE DE LEITE
Receita retirada do livro "Comida Caseira" de Gordon Ramsay

Ingredientes (faz 8):
150g de açúcar
250g de manteiga com sal à temperatura ambiente
1 ovo grande
1 vagem de baunilha (apenas as sementes)
250g de farinha sem fermento
90g de amido de milho
1/2 colher de chá de fermento
250g de doce de leite ou de leite condensado cozido

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar um tabuleiro grande com papel vegetal.
Colocar o açúcar e a manteiga numa batedeira e bater até se obter uma mistura fofa. Juntam-se as semente de baunilha e o ovo.

Peneira-se a farinha, o amido de milho e o fermento para a taça e mistura-se sem bater demais. Fazem-se 16 bolinhas iguais e colocam-se no tabuleiro bem espaçadas. Pressionam-se as bolinhas de massa com a palma da mão para as achatar. Guardar no frigorífico durante 10 minutos. Vão ao forno durante 10 a 15 minutos, ou até estarem douradas.

Deixar arrefecer numa rede. Quando estiverem frios barram-se as bases planas de 8 dos biscoitos com o creme de leite e tapam-se com os restantes biscoitos fazendo uma sanduiche.
Com leite, chá ou sozinhos, estes biscoitos são maravilhosos numa tarde fria de inverno.



Enrolados de Espinafres e Feta

Há semanas em que estou demasiado preguiçosa para decidir o que fazer durante a semana, por isso pego num livro que adore e escolho uma receita para cada refeição da semana. Foi o que aconteceu esta semana. Peguei no livro "Dia a Dia - Receitas para toda a semana" da Mafalda Pinto Leite e todas as refeições que fizemos esta semana sairam de lá. Se ainda não conhecem o livro, recomendo vivamente! Tem receitas brilhantes, deliciosas e muito práticas de confeccionar.




ENROLADOS DE ESPINAFRES E FETA
Adaptado do livro "Dia a Dia - Receitas para toda a semana" de Mafalda Pinto Leite

Ingredientes (faz 6)
12 folhas de massa filo
200g de espinafres
1 cebola picada
250g de queijo feta partido em pedaços pequenos
1 colher de chá de paprica fumada (ou da normal)
1 colher de chá de oregãos
1/4 de colher de chá de piri-piri
2 colheres de sopa de manteiga derretida
150g de fiambre picado
Azeite
Sal e pimenta

Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Aquece-se um fio de azeite numa frigideira e adiciona-se a cebola, a paprica fumada, os oregãos e o piri-piri. Deixa-se refogar até a cebola ficar translúcida. Acrescentam-se os espinafres e cozinha-se até murcharem. Retiram-se do lumee transferem-se para uma tigela. Adiciona-se o fiambre, o queijo feta e tempera-se com sal e pimenta. Reservar.

Cortam-se as folhas de massa filo longitudinalmente e tapam-se com um pano húmido para não secarem. Coloca-se uma das folhas na bancada de trabalho e pincela-se com a manteiga derretida. Cobre-se com outra folha, pincela-se com manteiga novamente e repete-se a operação até se obter um pilha de 4 folhas. Coloca-se 1/6 do recheio de espinafres na extremidade mais curta e enrola-se dobrando os lados. Repete-se o processo para as restantes folhas de massa filo e recheio.
Pincelam-se os rolos e levam-se ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante 10 a 15 minutos, até ficarem estadiços e dourados.
Podem ser servidos quentes ou à temperatura ambiente.




quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Cevada cremosa gratinada

Tenho visto em várias revistas italianas que a cevada é servida como acompanhamento. Numa tentativa de diversificar os acompanhamentos das nossas refeições, decidi experimentar e nós adorámos. Quase parece um risoto, e a cevada liga mesmo muito bem com a noz moscada.
Podem encontrar cevada em grão nas lojas de produtos naturais. Este prato não resulta da mesma forma com cevada prensada. Quando comprarem cevada tenham em atenção o tempo de cozedura indicado na embalagem. A minha coze em 30 minutos, mas algumas embalagens indicam que precisa de 50 minutos.




CEVADA CREMOSA GRATINADA

Ingredientes (para 4 pessoas):
250g de grãos de cevada integral
1 copo de queijo mozzarella ralado
1/2 copo de queijo Parmesão
1/2 copo de leite
1/2 copo de natas
1/2 embalagem de ricotta
2 mãos cheias de espinafres
1 dente de alho
azeite
pão ralado
queijo mozzarella e Parmesão ralado para polvilhar
sal, pimenta preta e noz moscada


Pré-aquecer o forno a 200ºC com o grill ligado.
Cozer a cevada de acordo com as instruções da embalagem. Enquanto a cevada coze, salteiam-se os espinafres numa frigideira com um fio de azeite e o dente de alho, até murcharem. De seguida picam-se finamente os espinafres com uma faca e reservam-se.
Quando a cevada estiver cozida (ter em atenção que a cevada fica sempre um bocadinho al dente) escorre-se e junta-se de imediato os queijos, as natas, o leite, o ricotta e os espinafres. Mistura-se bem os ingredientes e tempera-se com sal, pimenta e noz moscada. A consistência desejada deverá ser de um risotto cremoso.
Transfere-se a cevada cremosa para um recipiente de pirex e polvilha-se com os queijos e o pão ralado. Leva-se ao forno a gratinar durante uns minutos e serve-se de imediato.


quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Panacota de coco e maracujá

Já andava para fazer panacota há imenso tempo. Assim que vi esta receita na revista Good Food, ficou logo decidido que ia ser a sobremesa do Ano Novo. O mais giro é que escrevi a receita e depois andei dias à procura do papel. Aqui fica a receita para vocês, não tenham medo de fazer pois é muito simples de fazer e o resultado final é fabuloso! Cremosas e um delicado sabor a maracujá e coco, não há como resistir!




PANACOTA DE COCO E MARACUJÁ

Ingredientes:
8 maracujás
300ml de natas
160ml de leite de coco
140g de açúcar
sumo de meio limão
12 gramas de gelatina em pó

Cortam-se 6 maracujás ao meio e deita-se a polpa para um tachinho. Junta-se o leite de coco, as natas e o açúcar. Deixar levantar fervura, mexendo sempre até dissolver o açúcar. Nesta altura, baixa-se o lume e retiram-se 4 colheres de sopa deste creme e junta-se à gelatina em pó. Mistura-se bem e quando estiver bem dissolvida, adiociona-se ao creme no tacho. Mistura-se rapidamente e retira-se do lume.

Coloca-se um passador fino sobre uma tigela e filtra-se o creme para dentro de um jarro pequeno, para separar as sementes do maracujá. Distribuem-se por 4 formas de panacota e levam-se ao frigorífico durante 4 horas para ficarem firmes.

Na hora de servir, enche-se uma tigela com água quente (não a ferver) e coloca-se a forma da panacota durante breves segundos na água. Passa-se uma faca para separar bem as laterais da panacota e volta-se a forma para um prato. Repete-se a operação para as restantes formas. Cortam-se os 2 maracujás ao meio e coloca-se o interior de cada metade no topo da panacota.
Espero que gostem!


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Copos merengados

Eu adoro fazer sobremesas, e adoro ainda mais comê-las! Estes copos merengados são uma adaptação de uma receita que vi este mês na revista "Cozinhar é Fácil Especial" nº24.
Ficaram tão bonitos e tão saborosos, que desapareceram num instante! São 3 camadas de puro prazer!




COPOS MERENGADOS

Ingredientes (4 copos):
3 claras
120g de açúcar em pó
50g de bolacha Maria

para o creme de pasteleiro:
2,5dl de leite
50g de açúcar
35g de farinha
3 gemas
1 colher de chá de extracto de baunilha
raspa de 1 limão
1 pitada de sal

Começa-se por fazer o creme de pasteleiro. Leva-se o leite ao lume até ferver. Numa tigela mistura-se o açúcar com a farinha, as gemas, a baunilha e o sal. Junta-se esta mirtura ao leite (fora do lume) e mistura-se bem com uma vara de arames. Leva-se de volta ao lume e deixa-se cozinhar em lume brando até começar a engrossar. Retira-se do calor e deixa-se arrefecer numa tigela. Quando estiver frio, bate-se com uma vara de arames e transfere-se para um saco de pasteleiro sem ponta.

De seguida batem-se as claras em castelo e, quando começar a formar espuma, junta-se a pouco e pouco o açúcar em pó. Continua-se a bater até se obter um merengue bem firme e brilhante. Coloca-se dentro de um saco de pasteleiro com uma boquilha de estrela grande e reserva-se.

Colocam-se as bolachas num saco e esmagam-se com a ajuda de um rolo da massa.

Agora está tudo pronto e pode-se começar a montar a sobremesa:
Distribui-se a bolacha ralada pelos 4 copos de pé alto. Com a ajuda do saco de pasteleito, distribui-se o creme por cima da bolacha. E finalmente, divide-se de forma igual o merengue, fazendo uma espiral até chegar ao topo do copo.
Para finalizar queima-se o topo com um maçarico de cozinha. Leva-se ao frigorífico durante, pelo menos, 30 minutos.



quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Trufas aromatizadas com tomilho-limão (versão saudável)

A minha querida Mariana Teixeira lançou o desafio Nutri Ventures, em que era preciso criar uma receita saudável com ervas aromáticas. A erva que escolhi foi o tomilho-limão que apesar de ligar tão bem com receitas salgadas, também casa surpreendentemente bem com chocolate!
E foi assim que nasceu esta receita para adoçar o vosso Natal. Deliciosas trufas de tomilho-limão, sem lacticínios, nem açúcar. O aroma desta erva aromática dá uma frescura incomparável às trufas e ninguém lhes vai conseguir resistir! Cremosas e ricas, mas sem estragar a linha, estas trufas são uma excelente alternativa para uma prenda de Natal ou para a mesa da consoada.





TRUFAS AROMATIZADAS COM TOMILHO-LIMÃO

INGREDIENTES (22 trufas):

255g de chocolate Pantagruel (sem açúcar) com Stevia
310ml de leite de coco
1 colher de sopa de adoçante Stevia em pó Canderel
1 colher de chá de mel
4 raminhos de tomilho-limão fresco
cacau cru em pó Valor

PROCEDIMENTO:

Aquece-se o leite de coco com o tomilho. Quando começar a ferver, retira-se do lume e junta-se a Stevia e o mel. Mistura-se e deixa-se repousar durante cerca de 20 minutos. (Quanto mais tempo repousar, mais intenso será o sabor do tomilho-limão.)

Parte-se o chocolate em pedaços e derrete-se no microondas. Coa-se a infusão de leite de coco e mistura-se com o chocolate derretido. Mistura-se devagar até se obter uma mistura cremosa e homogénea.

Tapa-se com película aderente e deixa-se arrefecer durante 2 horas no frigorífico até solificar.
Coloca-se o cacau em pó num prato e fazem-se pequenas trufas do tamanho de uma noz, cobrem-se com o cacau em pó e leva-se novamente ao frigorífico até servir.


Copyright © 2014 As coisas da Mãe Sofia