sexta-feira, 4 de setembro de 2015

E assim acaba o Verão de 2015

Depois de mais um ano de intenso trabalho, tanto para os meus filhos como para o meu marido, foi tão bom passar uns dias à beira mar, brincar na areia, nadar com os miúdos e fazer castelos de areia. Seria tão bom que as férias se pudessem prolongar durante mais umas semanas, mas enfim, para o ano há mais praia, passeios, descobertas e picnics.

Agora que o Verão está na recta final e a escola está a começar, o blog começa novamente a funcionar, depois de alguns meses em lume brando. Amanhã mesmo partilho convosco uma receita deliciosa, que se prepara num instante e que é tão reconfortante. Até lá deixo-vos com algumas fotografias das minhas férias para aquecer os dias que já teimam em arrefecer.










sábado, 13 de junho de 2015

Profiteroles recheados com Chantilly e morangos

É desta vez que vos trago a receita dos profiteroles com Chantilly e morangos. Estava complicado mas é hoje! Tão simples e deliciosos é uma receita fabulosa para complementar o menu de uma refeição especial!






Ingredientes:
Para os profiteroles:
80g de manteiga
250ml de água
150g de farinha
4 ovos
1 ovo
1 colher de sopa de leite
1 pitada de sal
1 pitada de açúcar

Para o recheio:
200ml de natas
50g de açúcar
200g de morangos cortados em cubos pequenos

Começa-se por pré-aquecer o forno a 180ºC e batem-se as natas com o açúcar em chantilly. Reserva-se no frigorífico.
Aquece-se a água com a manteiga em lume médio. Quando a manteiga estiver derretida e a mistura estiver em ebulição, adiciona-se a farinha e mistura-se energicamente durante 2 minutos, sempre ao lume. Transfere-se a massa para uma tigela e adicionam-se os ovos um a um, misturando bem antes de adicionar o ovo seguinte.
Enche-se um saco de pasteleiro (ou um saco limpo com um dos cantos cortados) com a massa dos profiteroles e fazem-se montinhos de massa do tamanho de uma noz, num tabuleiro forrado com papel vegetal. Mistura-se o leite com o sal e o açúcar e pincelam-se os profiteroles. Leva-se ao forno durante 40 minutos, sem abrir a porta.
Quando estiverem cozidos, transferem-se para uma rede. Depois de frios, cortam-se ao meio sem separar e recheiam-se com um pouco de chantilly e morangos. Polvilham-se com açúcar em pó e servem-se.



quarta-feira, 10 de junho de 2015

Madalenas com pepitas de chocolate

Quando eu era miúda comemorava a aula 100, mas nada como as professoras da minha filha fazem. A alegria e o entusiasmo da minha filha deixa-me derretida, e esse entusiasmo deve-se, em grande parte, ao trabalho fantástico das professoras que trabalham com ela. Um dia destes, para a comemoração da aula 100 de uma das disciplinas, a minha filha pediu-me um mimo especial para partilhar com os colegas e com a professora. Tinha de ter chocolate! Como faço muitas vezes cupcakes, desta vez fiz umas mini-madalenas com pepitas de chocolate.
Pelo relato que me foi feito, as madalenas desapareceram todas, por isso parece-me seguro dizer que foram um sucesso na festa da aula 100! ;-)

Ingredientes:
150g de farinha sem fermento
125g de manteiga amolecida (não derretida)
150g de açúcar
2 ovos
2 colheres de sopa de leite
1 colher de chá de extracto de baunilha
1 colher de chá de fermento em pó
50g de chocolate partido em cubos pequenos

Começa-se por bater bem os ovos inteiros com o açúcar, até se obter uma mistura espumoso clara. Junta-se a farinha e o fermento peneirados e mexe-se. Adiciona-se os restantes ingredientes e mistura-se bem.
Leva-se ao frigorífico durante, pelo menos uma hora (o ideal seria de um dia para o outro).
Entretanto, unta-se a forma de madalenas com óleo em spray. Coloca-se a massa nas formas e vão a forno pré-aquecido a 200ºC, durante uns 10 minutos, ou até ficarem douradas nas bordas. Arrefecem-se as madalenas numa rede e depois é vê-las desaparecer!

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Pão de forma caseiro

Com dois filhos, tem de haver pão em casa. A opção mais fácil é comprar o pão já feito, mas nem sempre é a mais saudável, pois a lista de ingredientes, por vezes, é interminável, com substâncias químicas quase impossíveis de pronunciar.
Para variar, fiz pão de forma para fazer sandes e torradas, em vez de fazer baguetes ou bolinhas, e resultou muito bem, não tendo sobrado nem uma fatia.
Esta receita rende dois pães e pode-se fatiar e guardar no congelador dentro de um saco hermético. Esta receita tem também a possibilidade de ser feita de forma a ajustar-se à dieta vegetariana, bastando para isso, substituir o leite de vaca por leite vegetal e a manteiga por margarina 100% vegetal.

Ingredientes

500 ml de leite de vaca ou vegetal
1 colher de sobremesa de fermento de padeiro Condi
150 g de margarina ou manteiga amolecida
Sal a gosto
750 g de farinha sem fermento

Amornar o leite, dissolver o fermento de padeiro e deixar repousar até formar espuma à superfície.
Num alguidar por a farinha e o sal. Juntar a mistura de leite e fermento e a margarina. Amassar até se formar uma bola de massa e depois continuar a amassar numa superfície enfarinhada até se soltar das mãos. Deixar a massa levar no alguidar tapado com um pano, até dobrar de volume.
De seguida amassa-se novamente durante cerca de 10 minutos ou até a massa estar macia e elástica. Nesta altura, divide-se a massa ao meio. Ao primeiro pedaço de massa, estende-se na forma de um rectângulo e enrola-se num rolo e coloca-se numa forma de bolo inglês untada e polvilhada com farinha. Repete-se o processo com o segundo pedaço de massa. Tapam-se novamente com um pano e deixam-se a levedar durante cerca de uma hora.
Entretanto aquece-se o forno a 180ºC. Quando a massa tiver levedado, colocam-se as formas no forno,  ficando a cozer durante 20 minutos ou até fazer um som oco quando se bate no pão. Ao sair do forno os pães devem ser transferidos para uma rede onde ficam a arrefecer.

Bom apetite!

domingo, 7 de junho de 2015

Baguettes

Haverá algo melhor do que um pão caseiro acabado de sair do forno? Estas baguetes tão simples de fazer, ficaram com uma crosta estaladiça e tão saborosa. Uma verdadeira delícia!

Ingredientes (para 2 baguetes):

3 copos de farinha de trigo
2 1/4 colheres de chá de fermento de padeiro Condi
310 ml de água morna
1 colher de chá de sal bem cheia

Mistura-se o fermento na água morna e deixa-se repousar até formar espuma.
Numa tigela grande coloca-se 2 copos de farinha e o sal. Junta-se a mistura de fermento e amassa-se até formar uma massa uniforme. De seguida adiciona-se a restante farinha até à massa de soltar das mãos. Deixa-se repousar 15 minutos e no fim desse tempo, amassa-se novamente até se obter uma massa macia e elástica.
Deixa-se levedar durante 1 hora.
De seguida moldam-se as baguetes e deixa-se levedar, numa superfície enfarinhada, durante 20 minutos. Aquece-se o forno a 220°C e coloca-se um tabuleiro de metal vazio na parte de baixo do forno.
Na hora de levar as baguetes ao forno, enche-se o tabuleiro com 2 copos e água e fecha-se imediatamente a porta do forno. Deixa-se cozer as baguetes durante 20 a  30 minutos, ou até ficarem douradas e façam um som oco quando se bater no pão.
Retira-se do forno e deixa-se repousar durante 5 minutos e depois é só barrar com manteiga!

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Desafio "Receitas para as nossas estrelinhas" - Hamburgueres de batata doce e fiambre

Para o Lidl a família está em primeiro lugar e quando existe uma criança em casa, é ela o centro das atenções. Por isso mesmo, o Lidl vai promover uma semana dedicada aos Bebés e Crianças, de dia 8 a 14 de janeiro.

No âmbito da semana dedicada aos Bebés e Crianças, recebi o desafio do Lidl, para criar uma receita original para crianças que desse destaque à qualidade e frescura. Não podia deixar de participar neste desafio, e como já não tenho bebés, mas tenho crianças, rapidamente dei uma volta (ou duas) à minha cabeça e fiz esta receita.
Estes hamburgueres de batata doce, espinafres e fiambre, são uma forma deliciosa de "mascarar" aquelas "coisas" verdes que as crianças frequentemente rejeitam. Muito macios, nutritivos e saborosos, vão fazer as delícias dos vossos filhos, e nem vão reparar naquelas "coisas" verdes! :-)
Esta receita nasceu da necessidade de fazer um almoço para os meus filhos, e como a minha menina é daquelas crianças, que embora não seja muito esquisita com a comida, implica um bocado com aquelas "coisas" verdes. A receita rende 2 hamburgueres grandes ou 4 pequenos. Eu optei por fazer grandes, porque o meu filho está naquela fase de crescimento e parece que a comida nunca chega. Mas para um apetite normal, basta fazer mais pequenos.
Espero que gostem, e acima de tudo, que as vossas crianças gostem.







HAMBURGUERES DE BATATA DOCE E FIAMBRE

Ingredientes (para 2 hamburgueres grandes ou 4 pequenos):

1/2 batata doce média cozida
6 fatias de fiambre
2 colheres de sopa de espinafres cozidos picados finamente
1 gema de ovo
1 colher de sopa de queijo ralado Mozzarella Lovilio ralado
1 colher de sopa de pão ralado (por mais ou menos, consoante a humidade da batata)
1 colher de chá de azeite Chaparro do Lidl
sal qb
6 folhas de cebolinho picadas

azeite
pão ralado


Esmaga-se a batata doce com um garfo de modo a manter alguns pedaços. Adicionam-se os restantes ingredientes e mistura-se bem com uma colher de pau. Tempera-se a gosto e divide-se em 4 partes iguais. Moldam-se com a forma de um hamburguer e passam-se por pão ralado.
Leva-se ao lume uma frigideira com um fio de azeite e fritam-se até ficarem dourados.
Servir no pão com alface e tomate e, se a idade permitir, um bocadinho de maionese e ketchup. Como alternativa, pode-se servir com uma salada de alface e arroz de cenoura.










domingo, 21 de dezembro de 2014

Amigo Secreto 2014 - Gosto Pelos Sabores

A receita de hoje é especial, pois faz parte de um desafio que me foi apresentado no grupo recém criado "Amigo Secreto 2014" no Facebook. O desafio consistia num sorteio, em que a cada um dos participantes, era atribuído outro blog e a partir daí, fazíamos uma receita à nossa escolha para dar a conhecer esse blog.
No meu caso calhou-me o blog "Gosto Pelos Sabores" da Mariana Morais. Para quem não conhece, recomendo vivamente! Com receitas super práticas, deliciosas e económicas, é difícil não ficar fã! Já conhecia e seguia esta cozinha virtual, mas o difícil foi escolher a receita. Confesso que demorei vários dias até me decidir e foi preciso a intervenção dos meus filhos para desempatar as receitas que eu mais gostava. Acabou por ganhar esta torta de laranja!
Foi muito simples de fazer e saiu bem logo à primeira! Eu tenho sempre medo com as tortas, que comigo às vezes ficam tortas demais. Foi a torta de laranja mais perfeitinha que fiz e de sabor está fenomenal!! Adorei!
Não se esqueçam, passem pelo blog da Mariana Morais e tornem-se seguidores!
Para ti Mariana, espero que gostes da torta de laranja que fiz. Um beijinho grande e Feliz Natal!!






TORTA DE LARANJA DO BLOG "GOSTO PELOS SABORES"

Ingredientes:
250g de açúcar
6 ovos
1 colher de sopa de vinho do Porto
sumo de 2 laranjas
raspa de 1 laranja
1 colher de sopa mal cheia de farinha

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar levemente um tabuleiro com manteiga, forrar com papel vegetal e voltar a untar com um pouco de manteiga.

Numa tigela grande, bater os ovos com o açúcar. De seguida, junta-se o vinho do Porto, o sumo de laranja e a raspa de 1 laranja. Depois de misturar bem, adiciona-se a farinha e incorpora-se bem com a ajuda de uma vara de arames.
Deita-se a mistura no tabuleiro preparado e vai ao forno durante 20 minutos (o tempo pode variar consoante o forno).

Abre-se um pano limpo em cima da bancada e polvilha-se com açúcar. Quando a torta estiver cozida, desenforma-se para cima do pano e retira-se cuidadosamente o papel vegetal. Com a ajuda do pano enrola-se a torta e transfere-se para uma travessa.



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Queijadas de caril, cenoura e mel

Fiz esta receita há já algum tempo e foi muito apreciada pelo meu filho que depois levou para a escola. Ontem pediu-me que publicasse a receita especialmente para um dos amigos. Espero que ele goste! :-D




QUEIJADAS DE CARIL, CENOURA E MEL (sem lactose)

Ingredientes:
150g de cenoura descascada e ralada (fino)
2 ovos
150ml de natas de soja
1 colher de chá de caril (pode diminuir a quantidade se quiser)
1 colher de chá de mel
1 colher de café de farinha maizena
sal e pimenta qb


Pré-aquecer o forno a 180ºC e preparar umas formas de silicone de queques.

Numa tigela, misturar todos os ingredientes e deitar a mistura nas formas de silicone. Levar ao forno durante 30 minutos ou até ficarem douradas e cozidas.

Desenformar e servir com uma salada verde.




quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Tahini Cookies

Na minha cabeça consigo imaginar uma série de receitas onde posso usar sésamo, mas nunca me tinha ocorrido usar numa receita doce como bolachas. Há umas semanas deparei-me com uma receita no site da Martha Stewart que me chamou à atenção e me fez lembrar do frasco de tahini que tinha no frigorífico. Ontem decidi-me e pus mãos à obra e fiz estas bolachas. São simplesmente espectaculares, deliciosas, estaladiças, com um sabor a frutos secos e... docinhas!
Eu usei tahini que tinha comprado numa das lojas Celeiro, pois não tem gordura adicionada. Caso não queiram comprar este produto, pois pode ter um preço elevado (eu comprei numa promoção), podem fazer o tahini. Para isso basta ter um robot de cozinha ou então uma máquina como a Bimby, a Yammy ou a MyCook será ideal para fazer esta pasta. São imensas as receitas que se podem encontrar na internet.
Para quem não sabe, o tahini é apenas sementes de sésamo trituradas com óleo, parecido (em aspecto) com pasta de amendoim. Pode ser triturado em cru, ou torrado. Se as sementes de sésamo forem torradas, dará um sabor mais forte ao tahini. É preciso ter em atenção que esta pasta deverá ser consumida rapidamente, após a confecção pois rança com o tempo. Uma boa receita pode ser encontrada no site "The Kitchn".
Não deixem de experimentar estas bolachas!




TAHINI COOKIES

Ingredientes (rende 24 bolachas):
110g de manteiga à temperatura ambiente
3/4 de copo de tahini
1/2 copo de açúcar
1/2 copo de açúcar amarelo
1 ovo
1 colher de essência de baunilha
1 copo de farinha
3/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
sementes de sésamo



Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar dois tabuleiros com papel vegetal.

Na batedeira, bater a manteiga, o tahini e os dois açúcares até se obter uma mistura fofa e homogénea. De seguida adiciona-se a baunilha e os ovos e mistura-se bem.
Numa tigela à parte mistura-se a farinha com o bicarbonato de sódio e adiciona-se à mistura de manteiga e tahini.
Fazer bolinhas do tamanho de uma noz com as mãos bem enfarinhadas (esta massa cola-se muito às mãos), passar pelas sementes de sésamo e achatar com um garfo.
Levar ao forno durante 18 a 20 minutos, ou até ficarem douradas nas bordas. Quando sairem do forno vão estar ainda moles, mas ao arrefecer ficam estaladiças. Guardar num recipiente hermético durante 1 semana (se durarem assim tanto tempo!).



terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Bolinhas integrais de chocolate para o pequeno almoço

Os meus filhos adoram comer cereais ao pequeno almoço, mas cada vez que olho para os valores nutricionais dos cereais de compra, fico pasmada com a quantidade de açúcar que têm na sua composição. Já para não falar dos estabilizantes, corantes e outras coisas acabadas em -antes.
Já andava para fazer cereais caseiros, mas há sempre outra coisa para fazer e foi sempre sendo adiado. Este fim de semana, com a ajuda da minha filha, fiz uma receita baseada no que vi em vários blogs estrangeiros. Apesar da primeira tentativa ter ficado deliciosa (não sobrou nem uma migalha!), ainda precisava de uns ajustes. Hoje quando os miúdos foram para a escola, fui para a cozinha e lá fui fazer experiências e sairam uns cereais ainda melhores que os primeiros.
No momento em que escrevo isto,  a minha filha come os cereais com leite quente e só me mostra um polegar virado para cima e nem fala, só mastiga.
Como são caseiros e têm farinha integral, estas bolinhas deliciosas de chocolate satisfazem mais que os de compra. Sempre me fez impressão os meus filhos "despacharem" um pacote de cereais em tão pouco tempo, sabendo que grande parte do que estavam a ingerir era açúcar.
Nesta receita até podem por os vossos filho a ajudar a fazer as bolinhas de chocolate, pode-se, assim, tornar uma actividade em família!




BOLINHAS INTEGRAIS DE CHOCOLATE

Ingredientes:
1 copo de farinha de trigo sem fermento
1 copo de farinha de trigo integral
85g de chocolate em pó
2 ovos
3 colheres de sopa de óleo de coco
1 colheres de chá de essência de baunilha
4 colheres de sopa de mel

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Preparar dois tabuleiros grandes e forrar com papel vegetal.

Numa tigela colocar todos os ingrendientes e misturar com a mão. Quando a massa estiver homogénea, faz-se uma bola e polvilha-se levemente com farinha.

Polvilha-se a bancada com farinha e retira-se pedaços de massa do tamanho de uma clementina e faz-se um rolinho. Com uma faca cortam-se pedaços mais pequenos com 1 cm e enrolam-se em bolinhas com as mãos enfarinhadas.
Não encher demasiado os tabuleiros. Leva-se ao forno durante 15 a 17 minutos, sacudindo o tabuleiro de 5 em 5 minutos, para dourarem todos por igual. Quando saírem do forno ainda vão estar macios, mas ao arrefecer vão ficar estaladiços. Não façam como eu que da primeira vez deixei durante 30 minutos e as bolinhas ficaram tão rijas que nem amoleciam com o leite quente.

Retirar do forno e deixar arrefecer. Guardar num frasco hermético. Servir com leite.



Copyright © 2014 As coisas da Mãe Sofia